Pular para o conteúdo

Como o Google combate o spam em suas pesquisas

Todos os dias, o Google descobre e indexa bilhões de páginas, e uma parte significativa delas são spam. Em 2022, a empresa lançou diversos updates em seus sistemas para impedir que páginas com conteúdos maliciosos e/ou fraudulentos apareçam em seus resultados, e garantir uma experiência livre de spam para todos que utilizam o Google Pesquisas.

Vamos ver a seguir quais foram essas melhorias e como elas funcionam para garantir uma boa experiência de pesquisa:

Melhorias no SpamBrain

Spam Brain é um modelo de aprendizado de máquina que usa uma abordagem de detecção de spam baseada em recursos. Ele é capaz de identificar padrões e características comuns de spam e classificar páginas com base nessas características.

O modelo é central na luta contra spam nas pesquisas, por isso recebeu updates em 2022 para melhorar seu funcionamento. Agora, o SpamBrain detecta 5 vezes mais sites de spam do que em 2021, e 200 vezes mais se comparado com o período em que foi lançado. Graças ao modelo, o Google é capaz de oferecer mais de 99% de pesquisas livres de spam em sua plataforma

Além disso, o SpamBrain também auxiliou no combate ao spam a partir das seguintes frentes: 

  • Lidando com links abusivos e hacked spam: com a capacidade de aprendizado do SpamBrain, o Google detectou 50 vezes mais sites de spam de links e melhorou a detecção de sites invadidos em 10 vezes;
  • Rápida detecção de spam: consegue identificar melhor o spam quando visita uma página pela primeira vez e evita indexá-la, permitindo que seus recursos sejam usados para indexar páginas úteis. 

Ampliando a segurança do usuário

O Google implementou novas soluções antifraude para melhorar a segurança dos usuários na pesquisa. Essas soluções reduziram os cliques em sites de fraudes em 50%, melhorando a cobertura e estendendo as proteções de fraude para todas as línguas pela primeira vez.

Além disso, o Google atualizou suas políticas de spam como parte de seus Search Essentials, com o objetivo de cobrir os tipos mais comuns de spam e comportamentos abusivos, que podem levar sites a terem sua classificação reduzida ou não aparecerem nos resultados de pesquisa. As políticas foram atualizadas com linguagem mais relevante e precisa, incluindo novos exemplos para ajudar os proprietários de sites a evitar a criação de conteúdo prejudicial.

O Google também publicou orientações sobre conteúdo gerado por inteligência artificial (IA) e reconheceu que a IA pode ser uma ferramenta útil para criar conteúdo útil, mas que o uso da IA para manipular as classificações de pesquisa é uma violação de suas políticas contra conteúdo gerado automaticamente com spam.

Em geral, os donos de site devem criar um conteúdo útil e sites funcionais, além de fornecer feedback sobre spam e abuso. Os usuários também são encorajados a relatarem ao Google qualquer problema que enfrentem relacionado a possíveis spam e comportamentos manipuladores.

O objetivo do Google é trabalhar constantemente para detectar e eliminar o spam, a fim de que os usuários encontrem o conteúdo mais útil por meio da pesquisa.

Entre em contato!

Quer saber mais sobre nossos serviços ou precisa falar com a gente?

Curitiba, PR – Brasil

Ao enviar a mensagem você concorda que entremos em contato com você através dos dados fornecidos acima.