O que são resultados de busca em SEO?

Resultados de busca ou resultados de pesquisa são os sites que um buscador exibe em resposta a uma consulta. Sempre que uma pessoa pesquisa algo no Google, aparece uma lista de páginas sobre aquele assunto. Estes são os resultados da busca.

Além de páginas, outros elementos também podem aparecer como resultados, como vídeos, imagens ou anúncios. 

🍻 Por exemplo, quando você digita “newsletter sobre SEO” no Google, a SEO Happy Hour aparece como o primeiro resultado de pesquisa:

Captura de tela mostrando resultados de uma pesquisa no Google. O termo pesquisado na barra de busca é "newsletter sobre seo". Abaixo tem uma barra de abas com opções como Imagens, Vídeos, Notícias, Shopping, Livros, Mapas, Voos e Finanças está visível. Há um destaque para o primeiro resultado de pesquisa, que inclui um link para "SEO Happy Hour" e um título em negrito "14 newsletters de SEO para acompanhar em 2024", seguido da data "22 de dez. de 2023".

O Google exibe inúmeros resultados para cada pesquisa. Normalmente, a primeira posição é a que atrai mais cliques e, da segunda posição em diante, vai caindo gradativamente. Isso acontece porque poucas pessoas rolam a página e acessam sites que aparecem no final ou na página seguinte.

O objetivo do SEO é posicionar páginas como resultados de busca para palavras-chave específicas. Na primeira posição, de preferência. 

Como funcionam os resultados de busca em SEO?

No Google, o processo para uma página aparecer como resultado de busca tem três etapas:

  1. Rastreamento: robôs descobrem a URL da página e baixam seu conteúdo;
  2. Indexação: o Google processa os dados e adiciona a página a um índice, que é uma base de dados com milhões de páginas prontas para serem exibidas na pesquisa;
  3. Exibição dos resultados: quando alguém faz uma pesquisa, o Google procura os conteúdos e páginas mais relevantes dentro do índice e os exibe em formato de lista.

Cada buscador tem uma série de diretrizes para definir os resultados de busca. No caso do Google, os critérios incluem significado e contexto da busca, relevância e qualidade do conteúdo e usabilidade da página.

Os rastreadores estão sempre adicionando novas informações ao índice. Eles rastreiam páginas novas e atualizam as páginas que já estão indexadas. Por isso, os resultados mudam com frequência. 

O objetivo destas atualizações é aprimorar a exibição ou prevenir a manipulação de resultados das pesquisas. Em março de 2024 o Google anunciou duas atualizações desta natureza, um core update e um spam update.

Quais são os tipos de resultado de busca no Google?

Existem dois tipos principais de resultados de pesquisa:

  • Resultados de pesquisa orgânica: são resultados não-pagos, que não podem ser comprados ou influenciados por publicidade;
  • Resultados de pesquisa paga: são anúncios relacionados ao termo pesquisado.

Veja os detalhes sobre cada um:

Resultados de pesquisa orgânica

Os resultados de pesquisa orgânica são listas não-pagas de sites. A lista e a ordenação dos resultados é definida através de algoritmos do Google, que privilegiam informações relevantes para o termo pesquisado.

Os resultados da pesquisa orgânica incluem:

  • Título da página, em formato de um link azul;
  • Nome e logo do site; 
  • Descrição da página, informada pelo dono do site ou gerada automaticamente pelo Google.

Além destas informações básicas, alguns resultados de busca são mais detalhados. São os chamados resultados ricos, que podem incluir elementos como avaliações ou preço de produtos.

Veja abaixo um resultado orgânico para “curso de desenho”:

A imagem é uma captura de tela de um resultado de pesquisa no Google. A barra de pesquisa mostrando a consulta "curso de desenho". O principal resultado de pesquisa é um link para a página "Cursos online de Desenho" no site Domestika. O link é acompanhado de um breve resumo que lista vários cursos, como ilustração urbana com aquarela, caderno de retratos, e sketching diário para inspiração.

Dependendo da busca, outros tipos de conteúdo aparecem no topo da página. Por exemplo, “como editar vídeo” destaca vídeos ensinando o processo. O Google exibe o tipo de conteúdo que julga mais relevante para cada pesquisa.

SEO é a especialidade do marketing que estuda e aplica estratégias para fazer páginas aparecerem em destaque na pesquisa orgânica. 

Resultados da pesquisa paga

São anúncios exibidos como resultado de uma busca. Eles aparecem em diversos pontos da página, normalmente no topo e ao final da tela, ou entre os resultados orgânicos.

Os resultados de pesquisa paga costumam incluir:

  • Título do anúncio, na forma de um link azul;
  • Logo do site;
  • Descrição do anúncio;
  • Alguns anúncios podem ter outros elementos, como foto, ou lista de links patrocinados relacionados. 

Os resultados de pesquisa paga estão sempre marcados como “patrocinado”. 

Estes são resultados pagos para “curso de desenho”:

A imagem mostra uma captura de tela de uma lista de resultados patrocinados de uma pesquisa na internet sobre "curso de desenho". O primeiro resultado tem o título "Curso de Desenho Iniciante - PROMOÇÃO", com condições de pagamento em parcelas ou à vista. O segundo é da Udemy,  com título "Aprenda a desenhar na prática" e menciona que mais de 40 milhões de alunos estão aprendendo com os cursos online da plataforma. O terceiro resultado tem título "Curso de Fundamentos do desenho – aprenda com EBAC Online", mencionando um desconto de 40% e a possibilidade de parcelamento sem juros. O quarto resultado tem título "Aprenda A Desenhar - Curso de desenho - Site oficial". Todos os resultados têm a tag "Patrocinado" indicando que são anúncios pagos.

A lista de anúncios da pesquisa paga do Google é definida em formato de leilão. Alguns fatores que influenciam a possibilidade de aparecer são:

  • O valor pago por clique;
  • A competição por cada termo de busca;
  • A qualidade geral da página de destino do anúncio.

A especialidade do marketing que lida com a pesquisa paga do Google varia de nome dependendo da empresa ou região, mas em geral é chamada de mídia paga, realizada por profissionais especialistas em Google Ads.

Como aparecer nos resultados de busca?

Existem diversas estratégias e otimizações para aumentar as chances de aparecer em destaque na pesquisa orgânica. Há abordagens específicas para diferentes tipos de páginas, como de produto em um e-commerce ou de blog. 

As recomendações abaixo são boas práticas gerais, que você deve seguir em qualquer página do seu site:

1. Escolha as palavras-chave certas

Palavras-chave são os termos que as pessoas pesquisam no Google. Nos exemplos deste post, foram “newsletter sobre SEO” e “curso de desenho”.

É ideal que cada página do seu site tenha uma palavra-chave como “foco”. E esta escolha não é aleatória: se você selecionar palavras-chave com muita concorrência, é mais difícil posicionar uma página nova nos resultados de busca.

Recomendamos ler o nosso guia sobre pesquisa de palavras-chave para aprender como escolher as suas.

2. Conheça a intenção de busca dos visitantes

Intenção de busca é o propósito que leva alguém a pesquisar algo no Google. A maior parte das palavras-chave se divide entre as intenções:

  • Informativas: a pessoa quer aprender sobre algo ou ver a resposta para alguma dúvida;
  • Comerciais: a pessoa quer comprar algo;
  • Navegacionais: a pessoa está procurando uma página ou marca específica e está usando o buscador como um caminho para chegar até lá. 

Sua página deve corresponder à intenção de busca de sua palavra-chave principal

Seguindo os exemplos deste post:

  • “Newsletter sobre SEO”: é alguém querendo se informar sobre SEO. Logo, faz sentido o Google exibir uma lista de newsletters como resultado de pesquisa;
  • “Curso de desenho”: é alguém procurando aulas para fazer. Por isso, faz sentido o Google exibir páginas de cursos como resultados de busca. 

Às vezes, é ainda mais óbvio: “comprar celular” certamente se trata de uma palavra-chave comercial. Em outras situações você precisa pesquisar a palavra-chave no Google e observar os resultados para entender qual tipo de conteúdo melhor responde à intenção de busca. 

3. Crie conteúdo útil

O Google valoriza conteúdo útil, confiável, preciso e que agrega valor. 

A definição de conteúdo útil para o Google é:

Informações úteis e confiáveis criadas principalmente para beneficiar as pessoas, e não para subir na classificação do mecanismo de pesquisa, nos principais resultados da Pesquisa. 

Os sistemas e atualizações do buscador privilegiam informações originais e as páginas que proporcionam boas experiências aos visitantes.

Recomendamos a leitura do FAQ do Google sobre como criar conteúdo útil. Ele explica como mensurar se o seu conteúdo é útil ou não, de acordo com as diretrizes da big tech.

4. Adicione links internos

Links internos são linkagens entre páginas do seu site. Eles fornecem ao Google mais contexto sobre as páginas e explica como elas se relacionam, o que pode favorecer sua exibição como resultado de pesquisa. 

Os benefícios de ter uma boa estrutura de links internos incluem:

  • Ajuda humanos e algoritmos a encontrarem e lerem as páginas do site;
  • Sinaliza ao Google quais páginas são as mais importantes;
  • Transmitem autoridade entre as páginas;
  • Movem possíveis clientes na jornada de compra.

Tudo isso sinaliza ao Google que uma página é relevante.