Google anuncia novos dados estruturados: ProfilePage e DiscussionForumPosting

No dia 27 de Novembro, o Google anunciou o suporte para marcação de dados estruturados de páginas de perfil e fóruns de discussão para uso no Google Search. Essa marcação também inclui novos relatórios no Google Search Console. 

O objetivo é trazer uma maior visualização de perspectivas em primeira pessoa de plataformas de redes sociais, fóruns e outras comunidades nos resultados de pesquisa do Google. A implementação desses dados estruturados visa garantir que as informações mostradas nas características de pesquisa sejam o mais precisas e completas possível.

Páginas de perfil

A marcação “ProfilePage” ou páginas de perfil foi projetado para sites em que os criadores (pessoas ou organizações) compartilham perspectivas em primeira mão. Por exemplo, se você tem um site sobre experiências de viagem em que coloca sua opinião sobre um ponto turístico ou restaurante, pode usar esse dados estruturado. 

Ele permite que o Google identifique melhor as informações sobre o criador, como nome, foto de perfil, número de seguidores ou a popularidade do conteúdo. As características de “Perspectivas” e “Fóruns de Discussão” fazem uso desse markup.

Fóruns de discussão

O “DiscussionForumPosting markup” ou fóruns de discussão é destinado a sites no estilo fórum, onde as pessoas compartilham perspectivas em primeira mão coletivamente. Ele ajuda o Google a identificar melhor sites de fóruns e discussões online em toda a web.

É importante destacar que existe uma diferença entre a marcação Q&A (Perguntas e Respostas) e a marcação de fórum. O uso do Q&A é indicado para fóruns estruturados por perguntas e respostas e a marcação de DiscussionForumPosting para fóruns mais gerais.

Novos relatórios do GSC

Para verificar e monitorar esses dados estruturados, o Google Search Console está lançando relatórios de resultados ricos para páginas de perfil e fóruns de discussão, mostrando erros, avisos e itens válidos relacionados às páginas marcadas. 

Além disso, será fornecido suporte para ambas as funcionalidades no Rich Results Test, ajudando os criadores de conteúdo a testar e validar suas marcações.

Comentários

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *